Pages

Saudades

É pelos pés...

Eu não entendo...

... é tão fácil compreender. Por que as pessoas ainda teimam em ignorar? E o pior, discriminar.

Penso, logo existo...

... e, principalmente, voto.

Conversa mole

Profissão: Brasileiro

E nada mudou

Brasil

Arrume seu armário

O que alguns não fazem para aparecer

Discrição

Alguns tem, outros...

Na linha

Não precisa levar tudo ao pé da letra.

Obrigado não


Casamento gay além de opção
É controle de população

Deixe-me ir

Meu interesse é viver sem você

Todo romance tem princípio e tem fim

Eu sei todo o mal que a mim você fez

Caprichosamente fui esquecendo que te amei

Hei de ter outro alguém para amar

A sorrir
Eu pretendo levar a vida

E o que me resta

Você também me lembra a alvorada
Quando chega iluminando
Meus caminhos tão sem vida

Volto ao jardim

As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti

Não quero fingir

E nosso ninho de amor está vazio
Se eu ainda pudesse fingir que te amo
Ai se eu pudesse
Mas não quero, não posso fazê-lo
Isso não acontece…

Se beber não dirija


Se dirigir não beba

Banquete

Não basta termos só boas intenções


Levanta daí

Filosofando com Sócrates

Filosofando com Sócrates

Filosofando com Sócrates

Filosofando com Sócrates

Filosofando com Sócrates

Filosofando com Sócrates

Filosofando com Sócrates

Vale a pena jogar...

sabendo que os dois vão perder?

Fuck you



Você planta a violência?

Quem planta a violência, colhe o ódio no final.

Quem sou eu?

Por que saber quem realmente somos é um preço que não queremos pagar?

Fragilidade

Sou como você vê
posso ser leve como uma brisa,
ou forte como uma ventania,
depende de quando,
e como você me vê passar.

Related Posts with Thumbnails

Minha Lista de Blogs

Arquivo

Marcadores

Arte Homoerótica (46) Céu e Terra (68) Conceitos (359) Desabafo (82) Desejo (157) Gente (202) Lado Aninal (226) Nu e Cru (1226) Para você (206) Pop (160) Pré-História (26) Tecnologia (229) Verso e Prosa (279)