Pages

Muitas vezes é como me sinto


Vejam só, que história boba tenho pra contar
Quem é que vai querer me acreditar
Eu sou palhaço sem querer...

Vejam só que história triste no meu coração.
Todo pintado nesta escuridão
Espera a hora de sonhar...

Ah, o mundo sempre foi um circo sem igual
Onde todos representam o bem e o mal
Onde a farsa de um palhaço é natural
Ah, no palco da ilusão, pintei meu coração
Me entreguei a amores e sonhos sem saber
Que o palhaço pinta o rosto pra viver...

(releitura da Música Sonhos de um palhaço, de Antonio Marcos, feita por Jan)

2 Comments:

Jan escreveu...

Vejam só, que história boba tenho pra contar
Quem é que vai querer me acreditar
Eu sou palhaçõ sem querer...

Vejam só que história triste no meu coração.
Todo pintado nesta escuridão
Espera a hora de sonhar...

Ah, o mundo sempre foi um circo sem igual
Onde todos representam o bem e o mal
Onde a farsa de um palhaço é natural
Ah, no palco da ilusão, pintei meu coração
Me entreguei a amores e sonhos sem saber
Que o palhaço pinta o rosto pra viver.

...

Paula escreveu...

Oi Jan!

Obrigada pela colaboração, vou incluir no post.

Beijo =)

Related Posts with Thumbnails

Minha Lista de Blogs

Arquivo

Marcadores

Arte Homoerótica (46) Céu e Terra (68) Conceitos (359) Desabafo (82) Desejo (157) Gente (202) Lado Aninal (226) Nu e Cru (1226) Para você (206) Pop (160) Pré-História (26) Tecnologia (229) Verso e Prosa (279)