Pages

Benditas



“Benditas coisas que eu não sei, Os lugares onde não fui, Os gostos que não provei,
Meus verdes ainda não maduros, Os espaços que ainda procuro,
Os amores que eu nunca encontrei, Benditas coisas que não sejam benditas,
A vida é curta, Mas enquanto dura, Posso durante um minuto ou mais,
Te beijar pra sempre! O amor não mente, Não mente jamais...”
Zélia Duncan

2 Comments:

RICARDO AGUIEIRAS escreveu...

bonita essa letra, apesar de eu ter minhas implicâncias com a Zélia. Mas isso é problema meu...risos...
Linda sexta para a dona de um blog tão lindo e provocador

Paula escreveu...

Oi Ricardo!

O blogger anda tendo problemas de contagem, venho verificar se tem comentários, ele não muda o número e quando vou olhar o e-mail vejo que tem, acho que ele anda cansadinho. kkk

Também não sou uma fã fervorosa de Zélia Duncan, mas as letras dela geralmente são boas, essa por exemplo é muito boa, embora a música não seja, por isso nem a pus junto.

Beijo =)

Related Posts with Thumbnails

Minha Lista de Blogs

Arquivo

Marcadores

Arte Homoerótica (46) Céu e Terra (68) Conceitos (359) Desabafo (82) Desejo (157) Gente (202) Lado Aninal (226) Nu e Cru (1226) Para você (206) Pop (160) Pré-História (26) Tecnologia (229) Verso e Prosa (279)