Pages

Nunca prenda um amor

Amar é libertar.

5 Comments:

Ricardo Aguieiras escreveu...

Pen que tão poucos pensem assim e transformam o amar num inferno, numa cadeia. Janis Joplin já nos alertava para isso, na bela "Ball and Chain". Eu preferi não mais amar, sigo bem só. E o verdadeiro amor é aquele que permite que aquele que eu amo possa amar outro, que aquele que eu amo possa ser feliz com outro... Mas, quem é que pensa assim? Confundem amor com posse, quando o ciúme era usado para preservar a Espécie, mas, hoje, entre os gays, preservar que "espécie"?
Beijos,
Ricardo

Paula escreveu...

Oi Ricardo!

É a posse falando mais algo que o amor, infelizmente.

Beijo =)

Paula escreveu...

Ricardo

Já estava esquecendo, li seu texto e comentei ontem, mas o comentário ainda não foi liberado no site, você sabe se demora?

Ricardo Aguieiras escreveu...

Já foi liberado! E eu amei seu belo e importante comentário. Obrigado! Você tem sido uma grata surpresa, Paula, muito grata...., pena que eles não deram chamada em destaque, senão mais gente leria.... Beijo do fã!
Rick

Paula escreveu...

Oi Ricardo!

kkkk... Fão não, por favor... estou longe de ser pop star e nem gostaria, estou ótima aqui no meu mundinho, bem escondida, sem fazer barulho.
Achei seu texto perigoso para darem tanto destaque assim, você sabe, vivemos num momento de uma censura perigosa, a censura do politicamente correto, a política das conceções, a política do vocÊ precisa de mim.
Por isso, eu voto pela volta do seu espaço.

Beijo =)

Related Posts with Thumbnails

Arquivo

Marcadores

Arte Homoerótica (46) Céu e Terra (68) Conceitos (359) Desabafo (82) Desejo (157) Gente (202) Lado Aninal (226) Nu e Cru (1226) Para você (206) Pop (160) Pré-História (26) Tecnologia (229) Verso e Prosa (279)